Responsabilidade e Transparência
SÓ NÃO VÊ QUEM NÃO QUER

Ações apoiadas pela Prefeitura de Jequié garantem promoção e dinamização da Cultura

SECOM - Secretaria de Comunicação - segunda-feira, 8 de outubro, 2018


Com o objetivo de garantir a difusão da cultura, notadamente, através da promoção e dinamização do setor, a Prefeitura de Jequié, por intermédio da Secretaria de Cultura e Turismo, tem apoiado e executado diversas ações públicas com acesso gratuito e que vêm sendo oferecidas nos espaços públicos geridos pela Prefeitura. Muitas dessas atividades têm o propósito de mobilizar crianças, jovens e, até mesmo, os adultos, com ações que geram interação e alimentam o sentimento de pertencimento ao serem inseridos como atores desses projetos, como é o caso do projeto ‘Agulha do Poder’, que oferece um curso gratuito de artesanato às mulheres em vulnerabilidade social, na Casa da Cultura Pacífico Ribeiro, localizada no Centro da cidade.

O projeto, ministrado pela artesã Conça Santos, desde 2017, que é apoiado pela Prefeitura de Jequié, contou com um evento de relançamento, no última sexta-feira, dia 5, com algumas apresentações artísticas, a exemplo do grupo de dança ‘Saúde e Ação’, composto por mulheres voluntárias.

“A Prefeitura de Jequié tem movimentado os espaços culturais que são geridos pelo município. Nesse sentido, alguns programas e projetos vêm sendo executados, especialmente no Museu Histórico e na Casa da Cultura Pacífico Ribeiro, dentro das possibilidades financeiras que a administração municipal dispõe. Além dos projetos institucionais, a Secretaria de Cultura e Turismo vem fomentando as parcerias e apoiando a produção artística da sociedade civil, a exemplo do projeto ‘Agulha do Poder’, que é coordenado com maestria pela artesã Conça Santos, atendendo a um público de mulheres que, a partir do que aprendem no curso, podem desenvolver novas habilidades e, assim, passarem a produzir artesanato, ganhando novas oportunidades de renda, o que é de fundamental importância, uma vez que elas vêm de uma círculo de vulnerabilidade social.”, destacou Alysson Andrade, secretário de Cultura e Turismo.