Responsabilidade e Transparência
Setembro Amarelo

Com apoio da Prefeitura de Jequié AJECE participará do Campeonato Regional Nordeste de Futebol de 5

SECOM - Secretaria de Comunicação - quarta-feira, 11 de julho, 2018


Com o objetivo de incentivar a participação inclusiva no esporte, a Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Esporte e Lazer, realizou a doação do uniforme esportivo completo para o time de futsal da Associação Jequieense de Cegos (AJECE), que representará o município na competição de futsal para deficientes visuais, o Regional Nordeste de Futebol de 5, entre os dias 23 a 29 de julho, na cidade de Petrolina, em Pernambuco. O jogo de uniformes que contém camiseta, calção e meião, será utilizado pela equipe que se prepara para disputar a classificação para o Campeonato Brasileiro da Série B, de Futebol de 05, representando o estado da Bahia na série B.

Segundo a Federação Internacional dos Desportos para Cegos (IBSA), o futebol para pessoas com baixa visão surgiu em escolas, como um esporte para crianças com deficiência visual. No Brasil, existem relatos de que o esporte era praticado com o uso de latas ou garrafas, para que os atletas escutassem o som, ou até com bolas dentro de sacolas plásticas.

O futsal para cegos ou futebol de 5, como é conhecido, é jogado em dois tempos de 25 minutos cada, com 4 jogadores na linha e o goleiro. Há também um chamador que, às vezes, pode ser o goleiro. A quadra ou o campo de grama sintética tem medida menor do que a usada por atletas sem deficiência e em suas laterais são colocadas bandas que impedem a saída da bola, que sempre tem guizos (sinos), que fazem barulho e informam aos jogadores a localização da bola.

“A Prefeitura tem o dever de apoiar as práticas esportivas, em todas as suas modalidades. Times, como esse da AJECE, se mantêm com dificuldade, batalham bastante para comprar jogos de camisa. Com a ajuda da Secretaria de Esporte e Lazer, eles poderão investir em outros equipamentos esportivos, preparando-se melhor e, assim, aumentar o nível do seu treinamento, tornando-se mais competitivos, podendo levar o nome da nossa cidade cada vez mais longe.”, afirma o secretário de Esporte e Lazer, Marcelo Pires.