É trabalho. É vida melhor.

Com apoio da Prefeitura de Jequié, V Feira Literária Internacional do Sertão de Jequié mobiliza o setor cultural e artístico

SECOM - Secretaria de Comunicação - sábado, 30 de outubro, 2021


Com um evento de abertura na praça Rui Barbosa, teve início na quarta-feira, 27, a V Feira Literária Internacional do Sertão de Jequié, a Felisquié. Promovida com o apoio da Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Cultura e Turismo, a Feira Literária é executada no município por um grupo de escritores e artistas da sociedade civil, em parceria com a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), proporcionando à população um encontro com a arte literária e a produção textual de diversos autores talentosos do município, da Bahia e do Brasil.

Ao conceder espaço para shows musicais dos artistas locais, proponentes da Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural, e viabilizando a realização de conferências, palestras e lançamento de livros, a Felisquié, que teve a sua primeira edição em 2012, se destaca, todos os anos, como um grande evento de fomento à cultura literária na região sudoeste, sendo reconhecida no cenário baiano e no país, visto a sua importância.

Fazendo parte da programação do evento, na quinta-feira, 28,  o quinteto de cordas do Núcleo  de Prática  Musical Cidade Sol, do NEOJIBA; o escritor e historiador, Domingos Aílton, que é secretário municipal de Cultura e Turismo; o poeta e professor do IF Baiano,  Antonio Brito de Souza Junior; o cantor Paulo Santana; a professora, escritora e embaixadora da paz, Maribel Barreto; o cantor Fábio  Mickely; o cantor e compositor Marcos Belchote; a escritora e poetisa Paula Anias; o poeta, cantor e compositor Paulinho Jequié; os jornalistas Wilson Novaes Júnior e Ari Moura; e o escritor Nilton Barros.

Já nesta sexta-feira, 29, a programação segue com a Palestra ‘Literatura, Cinema e Política’ e Lançamento do livro ‘Em Busca de Júlio Pakard’, do advogado, escritor e roteirista,  Adroaldo Almeida; apresentação musical da cantora mirim, Iasmin Alves; perfomance poética, de Roger Ferreira; palestra ‘Cidade Sol, Comparável e Incomparável’, com o professor, poeta e jornalista, Raimundo Matos; mesa-redonda sobre ‘Anésia Cauaçu, uma mulher à frente do seu tempo’, com participação da pesquisadora, doutora em Educação pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Elane Nardoto, o secretário de Cultura e Turismo, Domingos Ailton e a professora Giseli Novais; além do lançamento da segunda edição do livro ‘Anésia Cauaçu’, do escritor Domingos Ailton; apresentação musical da Orquestra de Flauta Arte Viva; lançamento da obra literária ‘A Promessa’, da autora Raiana Soares; e a apresentação musical e poética, da cantora Tânia Valverde e do poeta, Valdeck Almeida de Jesus.