É trabalho. É vida melhor.

Jequié realiza pré-conferências municipais sobre Direitos da Criança e do Adolescente

SECOM - Secretaria de Comunicação - quarta-feira, 23 de novembro, 2022


O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), juntamente com a Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, estão realizando as pré-conferências municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente, nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). O tema 2022 trata “A situação dos direitos humanos de crianças e adolescentes em tempos de pandemia de Covid-19: violações e vulnerabilidades, ações necessárias para reparação e garantia de políticas de proteção integral, com respeito à diversidade”.

Os encontros visam identificar as demandas existentes e, assim, preparar a sociedade civil e o poder público para a 11ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, que acontecerá no dia 13 de dezembro. Em cada encontro está sendo debatido um eixo temático diferente com crianças, adolescentes, entidades, sociedade civil, poder público e usuários do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). As pré-conferências já foram levadas até os moradores e assistidos pelo CRAS do Mandacaru, na segunda-feira, 21; CRAS do Alto da Bela Vista, Joaquim Romão, na terça-feira, 22; e nesta quarta-feira, dia 23, foi a vez de contemplar os usuários do CRAS do Jequiezinho.

Conforme o cronograma, na quinta-feira, 24, será o público do CRAS do Cansanção; e na sexta-feira, 25, será a vez dos assistidos pelo CRAS do Joaquim Romão. De acordo com a secretária de Desenvolvimento Social, Patrícia Miranda Brandão Santana, a participação popular é importante porque levanta questões do dia a dia que, às vezes, os profissionais que atuam nos serviços de atendimento social, não conseguem visualizar imediatamente.

“Tem sido uma semana de muito trabalho e de compromisso sobre políticas públicas para crianças e adolescentes, tratando temas relevantes aos agravos e enfrentamento dos problemas deixados pela pandemia Covid 19, a esse público. Momento único para nosso município na construção de propostas para serem votadas na Conferência, em dezembro.”, pontuou a secretária de Desenvolvimento Social.