É trabalho. É vida melhor.

Prefeitura de Jequié inicia articulação para aplicação da Lei Paulo Gustavo; município foi contemplado com mais de 1 milhão de reais

SECOM - Secretaria de Comunicação - segunda-feira, 15 de agosto, 2022


Aprovada pelo Senado no início do mês de julho, a Lei Paulo Gustavo autoriza o uso do saldo do Fundo Nacional de Cultura de forma descentralizada por estados e municípios. A maior parte dos recursos destinados vai para o setor de audiovisuais. O restante deverá ser distribuído entre profissionais e pequenas empresas que interromperam suas atividades em função da crise sanitária do país. A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Cultura e Turismo, deu início, no sábado, 13, às reuniões para tratar das questões iniciais da Lei Paulo Gustavo, no âmbito municipal. A lei, aprovada pelo Congresso Nacional no início deste mês, tem caráter emergencial e será executada ainda neste ano. Estiveram presentes a diretora de Promoção Cultural, Virgínia Pimentel; equipe técnica da Secretaria; profissionais e trabalhadores do setor cultural.

Foram apresentadas as normativas referentes à aplicação da Lei e foram discutidas as estratégias para o Plano de Ação, que resultará na implementação da Lei a nível local, garantindo amplo acesso das informações à classe artística. Para o município de Jequié, a Lei Paulo Gustavo destinou mais de R$ R$ 1 milhão de reais em recursos que serão distribuídos, predominantemente, para o segmento de audiovisual. Entretanto, a lei também abrangerá os trabalhadores de artes cênicas, artesanato, artes visuais, cultura popular, cultura afro, cinema e espaços culturais, audiovisual, literatura, livro e leitura, pesquisadores culturais, produtores culturais e música.

“Demos início às reuniões para a implementação da Lei Paulo Gustavo em nossa cidade e são de suma importância para a construção do Plano de Ação. Estamos iniciando esses encontros com os setores que serão contemplados e em seguida, quando o Plano for aprovado pela Secretaria Especial da Cultura, daremos início à elaboração dos editais. Em resumo, teremos outras reuniões e encontros como forma de discutir a execução plena da Lei Paulo Gustavo em Jequié.”, afirmou o secretário de Cultura e Turismo, Domingos Ailton.