É trabalho. É vida melhor.
Jequié de cara nova, do jeito que a gente quer!

Prefeitura de Jequié monitora cumprimento de medidas contra Covid-19 em eventos autorizados

SECOM - Secretaria de Comunicação - segunda-feira, 29 de novembro, 2021


A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, iniciou na noite do sábado, 27, uma ação de monitoramento e fiscalização do cumprimento dos decretos relativos às medidas de enfrentamento da Covid-19. Atualmente as casas de festas e eventos estão autorizadas a funcionar, seguindo as normas contidas no Decreto Municipal Nº 22.925, desde que estejam de posse do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros e alvará da Prefeitura.

Agentes da Diretoria de Vigilância Sanitária estiveram no Ginásio de Esportes da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), onde estava sendo realizado um show musical. Entre os pontos observados, estava o quantitativo de público presente no local, a apresentação de comprovação de vacina para acesso ao evento e o uso de máscaras. Os agentes fizeram a identificação das não conformidades, como a ausência de fiscalização do uso da máscara e a não exigência do cartão de vacinação do público presente, fatos que geraram uma notificação que será entregue aos organizadores do evento.

De acordo com o decreto estadual, até o dia 10 de dezembro, toda a Bahia segue com permissão para realizar eventos com até 3 mil pessoas, na condição de respeitar os protocolos sanitários estabelecidos, especialmente o distanciamento social adequado, o uso de máscaras e comprovação do quadro vacinal contra a Covid-19 em dia. A diretora do Departamento de Vigilância Sanitária e Ambiental, Aneilda Gomes Silva, explica que o monitoramento seguirá sendo feito no município, buscando fazer cumprir o que está normatizado nos decretos.

“Os eventos autorizados devem procurar respeitar o que está estipulado nos decretos. Inclusive, com a responsabilidade por parte do organizador fazer a devida cobrança do comprovante de vacinação, para as duas doses, do seu público, estando sujeito às sanções legais sanitárias caso haja descumprimento do decreto. A pandemia ainda não acabou e todas as medidas preventivas continuam válidas.”, disse Aneilda Gomes Silva, diretora do Departamento de Vigilância Sanitária e Ambiental, da Secretaria de Saúde.