Responsabilidade e Transparência

Prefeitura de Jequié procura alternativas para recuperação da bacia hidrográfica do Rio de Contas

SECOM - Secretaria de Comunicação - quinta-feira, 20 de abril, 2017


Cantado em verso e prosa, como uma das nossas maiores riquezas naturais e sendo o principal motivo para o nascimento da cidade, o Rio de Contas vem sendo degradado ao longo dos muitos anos de ocupação da região de Jequié. Importante meio de sustentação da cadeira produtiva agrícola, suas águas já não são tão caudalosas e suas margens vem sofrendo com o assoreamento devido ao mau uso do solo e da degradação da bacia hidrográfica, causada por desmatamentos e retirada ilegal de areia, gerando prejuízos aos pequenos produtores rurais que utilizam o rio para irrigar suas plantações.

Pensando em requalificar este importante recurso hidrográfico, o secretário de Governo da Prefeitura de Jequié, Jorge Galvão, participou nesta quinta-feira, 20, em Brasília de um encontro com Calvin Creech, engenheiro profissional dos Estados Unidos, que trabalha há cinco anos no Brasil com projetos de infraestrutura hídrica em parceria com o Governo Federal. Ele é especialista em engenharia hidráulica, geomorfologia fluvial e desenvolve projetos para o governo americano. Também participou da reunião Rafael Brito, que é engenheiro civil com larga experiência em estudos e projetos de recursos hídricos e meio ambiente. Juntos, eles trabalharam em um grande projeto para o desassoreamento do canal de navegação do Rio São Francisco.

A Prefeitura de Jequié pretende desenvolver um estudo sobre as condições de aproveitamento da bacia do Rio de Contas e, a partir desta análise, colocar em prática o projeto que devolva à cidade todo o potencial de exploração hídrica que o município tem.

No encontro em Brasília, ficou acertada uma visita técnica dos especialistas Calvin Creech e Rafael Brito, a Jequié. A intenção é, através de uma análise técnica, coleta de dados e dos estudos realizados, seja desenvolvido um projeto para que Jequié possa ter de volta um Rio de Contas pujante, fonte de vida e orgulho para a população, com os produtores rurais que vivem em sua margem tendo todo o seu poder produtivo explorado, gerando renda e inclusão social.

“O Rio de Contas já foi nosso motivo de orgulho e queremos que ele volte a ser pujante! Sabemos também que ele ainda pode nos oferecer muito mais. Das suas águas podemos obter a irrigação para a produção agrícola, com isso dezenas de famílias poderão voltar a ter uma oportunidade de melhorar a sua condição de vida, com a venda de suas produções. A ideia é fomentar, incentivar, dar apoio e estrutura aos pequenos produtores rurais e ao mesmo tempo resgatar o Rio de Contas, fazê-lo vivo de novo.”, disse o prefeito Sérgio da Gameleira.