É trabalho. É vida melhor.

Prefeitura de Jequié realiza recadastramento das formas de abastecimento de água no município

SECOM - Secretaria de Comunicação - sexta-feira, 6 de maio, 2022


A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria da Saúde, vem realizando o recadastramento das formas de abastecimento de água no município. A iniciativa faz parte do Programa Nacional de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (VigiÁgua), do Ministério da Saúde, e consiste em ações para avaliar a qualidade da água consumida pela população. Nesta primeira etapa do trabalho de planejamento estratégico, a ser executado para levar melhorias ao sistema de abastecimento de água para os moradores das comunidades rurais, a equipe do Departamento de Vigilância Sanitária e Ambiental já esteve visitando os distritos de Florestal, Itajuru, Itaibó e Barra Avenida.

O recadastramento tem como finalidade fazer um levantamento de dados para verificar a atual realidade do abastecimento de água nas localidades visitadas. Após esta fase, serão iniciadas as visitas para monitoramento do controle da qualidade da água para o consumo humano, com vistas a assegurar a qualidade dos sistemas e soluções alternativas de abastecimento de água, identificando e intervindo nas situações de risco à saúde da população, de modo a prevenir enfermidades transmitidas pela água e desenvolvendo estratégias que possam possibilitar às localidades rurais acesso à água com qualidade compatível com o padrão de potabilidade estabelecido na legislação vigente.

Para Darci Santos Silva, inspetor sanitário do Departamento de Vigilância Sanitária e Ambiental, a partir do recadastramento, a Secretaria de Saúde obtém as informações necessárias sobre as ações preventivas de Saúde que deverão ser executadas.

“Esse recadastramento é essencial para a manutenção da qualidade da água que a nossa população consome. Precisamos verificar os pontos de abastecimento existentes e, assim, proceder com as estratégias de controle sanitário.”

De acordo com a diretora do Departamento de Vigilância Sanitária, Aneilda Gomes Silva, o trabalho busca fazer um diagnóstico geral do sistema de abastecimento.

“Estamos trabalhando para a identificação de todos os pontos de abastecimento, como os reservatórios de água potável, nascentes naturais, de captação de água, cisternas e rios que são utilizadas para consumo pela população do município, especialmente nas áreas rurais, onde o abastecimento apresenta certa desfasagem e a população acaba consumindo uma água sem o devido tratamento. Como todos sabem, podem existir riscos perpassados à saúde dos moradores através da água que é consumida. Estamos em campo, fazendo esse levantamento para, a partir disso, identificar os possíveis fatores de correção e, assim, promover ações alternativas que mantenham e recuperem as condições de segurança da água.”, disse a diretora do Departamento de Vigilância Sanitária, Aneilda Gomes Silva.