Responsabilidade e Transparência

Prefeitura de Jequié realiza seminário sobre qualidade da água em Florestal

SECOM - Secretaria de Comunicação - quarta-feira, 6 de novembro, 2019


A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Educação e do Programa Despertar, do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), em parceria com o Núcleo Regional de Saúde Sul/Base Jequié, através da Vigilância em Saúde Ambiental, realizou na manhã desta terça-feira, dia 5, no auditório da Igreja Batista, do distrito de Florestal, o ‘Seminário sobre água de qualidade para a população do campo: uma responsabilidade de todos’. Na ocasião, estiveram presentes os professores, Edileuza Souza Reis e Delivaldo Cardoso da Cruz, coordenadores municipais do Programa Despertar; a diretora de Vigilância Epidemiológica, Ila Cariele Almeida; o promotor de Justiça, Maurício Foltz Cavalcanti; a representante do Núcleo Regional de Saúde Sul/Base Jequié, Jocélia Matos Santos, moradores e representantes da comunidade.

O Seminário teve o objetivo de ampliar o nível de conscientização dos moradores do distrito de Florestal sobre a importância da água tratada e de qualidade para consumo humano, assim como a preservação dos rios e o cuidado para que não sejam contaminados pelos esgotos domésticos, priorizando o uso de fossas ecológicas.

Também fizeram parte do seminário, a Diretoria Municipal de Meio Ambiente, a Vigilância Sanitária e Vigilância Epidemiológica, além de representantes da Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A. (Embasa), do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA) e da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA).

Desde 2005, o Programa Despertar, do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), vem ampliando o papel social do órgão na Bahia, tendo como objetivo promover a educação voltada para a responsabilidade social, em busca de alavancar mudança de valores, aliada a uma postura cidadã e socioambiental. O programa atende aos alunos da Educação do Campo, do Infantil ao 9º ano do ensino fundamental, trabalhando a Educação Socioambiental com temas transversais: meio ambiente, ética, saúde, cidadania, pluralidade cultural. Assim, o Despertar forma crianças e jovens do meio rural, preparando-os para a vida e para o exercício da cidadania.

“É com muito prazer que a gente retorna ao distrito de Florestal para discutir um tema que é super importante: a água. Apresentamos um seminário sobre a água de qualidade à população do campo e como é de responsabilidade de todos o cuidar e o preservar dela. Preservar a água é preservar a saúde da população porque quando ofertamos a água que não tem o tratamento há muitos riscos, existem muitas doenças de veículos hídricos e elas podem estar acometendo a saúde da população que tiver contato com aquela água. Esta luta não é somente dos órgãos ambientais ou dos órgãos de saúde; todos precisam se aliar.”, disse Jocélia Matos Santos, do Núcleo Regional de Saúde Sul/Base Jequié.

“Esse debate sobre a qualidade da água, aqui em Florestal, não é de hoje, não é desse ano. Desde 2017 que a gente vem trazendo essa discussão. Essa preocupação das escolas partiu através das realizações dos Diagnósticos Socioambientais realizados nas escolas, aqui da Zona Rural de Florestal e todas as escolas da Zona da Mata aqui de Florestal foram envolvidas no contexto. Diagnósticos Socioambientais são realizados nas escolas para elas descobrirem os problemas socioambientais a nível de potencialidade ou de problemas existentes na comunidade.”, disse Delivaldo Cardoso da Cruz, um dos coordenadores do Programa Despertar de Jequié.

“Nós, da Secretaria de Saúde, não poderíamos estar de fora deste evento. Estamos aqui, presentes no Seminário, para falar sobre graves doenças e veiculações hídricas transmitidas pela água sem tratamento. Abordamos sobre as doenças que são causadas justamente pela falta de saneamento básico.”, disse, Ila Cariele, diretora de Vigilância Epidemiológica do município.