São João de Jequié é encerrado com show histórico de Wesley Safadão e saldo de mais de 250 mil pessoas

Após animar o município com shows que lotaram todos os circuitos juninos, a programação do São João de Jequié 2023 foi encerrada na madrugada desta segunda-feira, 26.  E além da valorização cultural e da animação oferecida gratuitamente aos jequieenses e turistas, o Melhor São João da Bahia também movimentou, positivamente, a economia local, de acordo com levantamento do trade turístico.

Por volta das 19h, teve início a apresentação do cantor, compositor e multi-instrumentista, Luiz Caldas, que desfilou um repertório de sucessos, sendo bastante aplaudido pelo público, que já enchia a Praça da Bandeira desde cedo. Na sequência, o cantor Ari PB, da banda Cacau com Leite trouxe uma seleção de forró que fez os casais dançarem coladinhos os hits "Um adeus dói" e "Que saudade do teu cheiro", entre outros.

A animação tomou conta do palco Roque Luy, na noite de domingo, com a participação da banda Forrozão Marajá, comandada pelo cantor Sid Saad, que fez uma apresentação bastante elogiada e, em seguida, abriu espaço para a cantora Manu Pinheiro, que não perdeu tempo e agitou as milhares de pessoas que foram curtir o São João no circuito da Praça da Bandeira.

Às 1h45, o cantor Wesley Safadão desembarcou no palco, trazendo consigo uma variedade de sucessos e uma animação contagiante, que não deixou ninguém ficar parado. Acompanhado de perto pelo prefeito de Jequié, Zé Cocá, e pela primeira-dama, Patrícia Miranda Brandão Santana, o cantor convidou o gestor municipal para dançar e fazer coreografias no palco, além de ter interagido bastante com o público presente, entregando um show memorável e que ficará marcado como um dos mais animados artistas a passar pelo São João de Jequié.

De acordo com a Secretaria de Cultura e Turismo, cerca de 250 mil pessoas passaram pelos três circuitos do São João, durante os 12 dias de programação, iniciada em 14 de junho. Durante o período, cerca de 150 atrações se apresentaram, entre cordelistas, grupos de teatro, quadrilhas juninas, sanfoneiros, trios de forró e muitos outros. Para o prefeito de Jequié, Zé Cocá, o evento foi exitoso, tanto do ponto de vista cultural quanto do ponto de vista econômico.

"Agradecer a Deus por tudo ter dado certo, evento gigante, com toda a segurança e tranquilidade, sendo destaque em toda a imprensa estadual e, também, nacional, com presença das emissoras de televisão, jornais, rádios, blogs, aos quais também agradecemos pelo apoio. Aproveito para parabenizar a todos os que fizeram parte da organização, pessoal da limpeza pública, a equipe de trabalho das secretarias envolvidas, enfim, a todos aqueles que se dedicaram para que Jequié fizesse O Melhor São João da Bahia acontecer. A festa, além de reforçar a valorização da Cultura e tradição, também proporcionou impacto positivo à economia da nossa cidade, para os setores produtivos, setor de bens e serviços, rede hoteleira, restaurantes, vestuário, ao comércio de forma geral, que foi impulsionado pela realização do São João e avisar ao povo que ano que vem tem mais!", destacou o prefeito de Jequié, Zé Cocá.