Com apoio da Prefeitura de Jequié, Conselho Municipal de Saúde promove 2ª Conferência Municipal de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde

O Conselho Municipal de Saúde, com apoio da Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, promoveu na segunda e terça-feira, 3 e 4, na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)/Campus de Jequié, a 2° Conferência Municipal de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde (CMGTES). Estiveram presentes o secretário de Saúde, Marlon Pereira; o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Celso Argolo; o representante do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jequié e Região (SINSERV), Venício Lucena; o representante do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias (SINDACS/ACE), Silvino Rodrigues Tomás; o representante dos trabalhadores em Saúde do município, Erlon Oliveira Cruz; a representante do Conselho Municipal de Saúde, Louranya Campos Batista; e o representante do Conselho Municipal de Ilhéus, Jurandir Teles.

Etapa municipal para a 4° Conferência Nacional de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde, que ocorrerá em dezembro, a Conferência é um espaço democrático de discussões sobre as políticas de gestão e Educação na Saúde e o evento contou a participação da enfermeira, professora, doutora, Giselle Alves Teixeira, da Universidade Federal da Bahia, que ministrou a palestra magna de abertura, promovendo inúmeras reflexões em torno do tema central, subsidiando as discussões nos grupos de trabalho.

Na plenária final, ocorrida no início da tarde de terça-feira, foram votadas e aprovadas as propostas apresentadas pelos grupos de trabalho,  as quais serão encaminhadas para a Conferência Estadual, que ocorre em agosto e contará com a participação da delegação jequieense eleita e composta por oito representantes, que estarão em nível estadual, apresentando as propostas, fruto dos dois dias de aprendizados e produções de conhecimentos, que visam busca de melhorias nas relações de trabalho, controle social e educação na Saúde, no município e em todas as esferas de gestão da saúde pública.

“Enquanto responsáveis pela execução das políticas públicas de Saúde, temos que pensar na melhoria dos serviços prestados à nossa população e é justamente neste sentido que a Conferência Municipal de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde é tão importante. Dando espaço para o debate franco, a identificação de demandas, a reparação de falhas, buscando através do encontro coletivo a solução que nos leve a um aperfeiçoamento do atendimento público, de forma plena, mais humanizada, acolhedora e resolutiva possível. Acredito que estamos no caminho certo.”, disse o secretário de Saúde, Marlon Pereira.