Com vistas à operacionalização de segurança e mobilidade, Prefeitura de Jequié divulga lista de itens que podem ou não entrar no circuito do São João

Com vistas à operacionalização de segurança e mobilidade, Prefeitura de Jequié divulga lista de itens que podem ou não entrar no circuito do São João

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Cultura e Turismo, por medidas de segurança e mobilidade do público durante a realização do São João 2024, divulgou a lista de alguns itens que não serão permitidos no circuito dos festejos juninos. A iniciativa faz parte de uma série de ações que priorizam o bem-estar da população e que visam oferecer aos forrozeiros e aos visitantes mais espaço físico, possibilitando um melhor deslocamento nas áreas internas do evento.

De acordo com o que foi determinado pela Secretaria de Cultura e Turismo, está proibida a venda, a entrada, a circulação e o consumo de bebidas em recipientes de vidro; não será permitida e entrada de coolers, caixa térmica e similares; só será admitido o consumo de alimentos mediante o uso de material plástico descartável, como pratos, facas, garfos e objetos semelhantes em material plástico descartável; segue proibida a comercialização de alimentos em espeto de madeira ou outro material perfurocortante; e os permissionários dos quiosques e estabelecimentos comerciais devem disponibilizar extintores e demais equipamentos contra incêndio, tanto nos espaços comerciais da Praça Rui Barbosa, bem como nas barracas temporárias da Praça da Bandeira, Avenida Alves Pereira e adjacências, durante o período dos festejos juninos.

“Estamos seguindo a orientação das forças de segurança. Essas medidas visam oferecer às pessoas um ambiente mais seguro e, também, um local onde as pessoas possam se deslocar de forma mais tranquila. Com as praças cheias, muitas pessoas acabam tropeçando nas sacolas térmicas, nos coolers que, além de atrapalhar o público ainda ocupa espaço físico. As outras medidas são por questão de segurança, já que alguém mal intencionado pode querer utilizar esses itens para esconder drogas ou algum objeto perfurocortante e tem a questão da otimização do acesso ao evento, pois se todos vierem com suas sacolas térmicas, coolers, caixas térmicas, o tempo de entrada no circuito pode demorar, podendo aumentar o tempo de espera nas filas.”, disse a diretora municipal de Desenvolvimento do Turismo, Juliana de Andrade Gomes.